PHOENIX — A Mayo Clinic anuncia uma conquista inovadora no transplante de órgãos, oferecendo esperança a milhares de pessoas que perderam a capacidade de falar, engolir e respirar por conta própria devido à diminuição da função ou perda da laringe. Uma equipe multidisciplinar de médicos no Arizona realizou o terceiro transplante total de laringe conhecido nos Estados Unidos. O caso também atinge um marco médico como o primeiro transplante laríngeo total conhecido em um paciente com câncer ativo.

 

"A cirurgia e o progresso do paciente excederam nossas expectativas", diz o Dr. David Lott, presidente do Departamento de Otorrinolaringologia (ENT) - Cirurgia de Cabeça e Pescoço/ Audiologia da Mayo Clinic no Arizona. "Esta é uma enorme conquista ao lançar o que acreditamos ser o futuro do transplante laríngeo."

 

Um artigo do Dr. Lott sobre o caso foi publicado em 9 de julho na revista médica Mayo Clinic Proceedings. A laringe está localizada na garganta e é comumente conhecida como caixa de voz. O transplante de laringe é considerado um procedimento extremamente raro realizado somente poucas vezes ao redor do mundo. Ainda mais notável, a equipe cirúrgica da Mayo Clinic realizou com sucesso o transplante de laringe em um paciente com câncer ativo, tornando-o um dos primeiros casos desse tipo no mundo.

 

Seis cirurgiões da Mayo Clinic realizaram o transplante de 21 horas, que incluiu a laringe, a traqueia, a faringe, o esôfago, a tireoide, as glândulas paratireoides, e uma complexa rede de vasos sanguíneos e nervos.

 

O transplante histórico  foi realizado em um homem de Massachusetts, Marty Kedian, que lutou contra uma forma rara de câncer de laringe chamada condrossarcoma. Nos últimos 10 anos Kedian passou por dezenas de cirurgias e tratamentos que acabaram lhe tirando a voz e a capacidade de engolir e respirar normalmente. Há vários anos, Kedian teve de se submeter a uma traqueostomia que lhe permitiu respirar por um orifício no pescoço. Ele diz que a traqueostomia, combinada com a perda da voz, diminuiu significativamente sua qualidade de vida.

 

"Eu estava vivo, mas não estava vivendo", explica Kedian. "Adoro conversar com as pessoas onde quer que eu vá, mas não conseguia. Eu me sentia estranho e não saía para lugar nenhum."

 

 

 

 

 

 

Após anos de cirurgias, os médicos disseram a Kedian que sua única opção restante era fazer uma laringectomia e remover sua laringe cancerosa. Ele recusou.

 

"Eu não queria realizar uma laringectomia. Eu queria encontrar uma maneira de recuperar minha qualidade de vida", diz ele.

 

Kedian encontrou o que procurava no Programa de Transplante de Laringe e Traqueia da Mayo Clinic, onde o Dr. Lott estava liderando o primeiro ensaio clínico conhecido sobre transplante de laringe nos EUA. Depois de ser aceito como paciente para o estudo clínico, Kedian e sua esposa, Gina, mudaram-se para uma casa temporária em Phoenix. Em 29 de fevereiro, Kedian tornou-se o primeiro paciente da Mayo a ser submetido a um transplante total de laringe bem-sucedido.

 

"Eu queria esse transplante para poder conversar e respirar normalmente com minha nova neta. Quero ler suas histórias de ninar com minha própria voz", afirma Kedian.

 

Como o caso foi conduzido como parte de um ensaio clínico, ele é considerado um passo crucial para tornar o procedimento disponível para uma população mais ampla.

 

"Até agora, os transplantes de laringe foram feitos como medidas extraordinárias", explica o Dr. Lott. "O ensaio clínico nos permite realizar uma verdadeira pesquisa científica destinada a investigar exaustivamente a segurança e a eficácia do transplante laríngeo como uma opção fiável para os pacientes."

 

O programa foi aprovado para realizar outros transplantes de laringe nos próximos anos.

 

A Sociedade Americana contra o Câncer estima que haverá 12.620 novos casos de câncer de laringe nos EUA este ano. Até agora, muitos desses pacientes tinham pouca esperança de que o transplante de laringe fosse uma opção possível no futuro, devido ao risco associado ao uso da terapia imunossupressora. Os pacientes transplantados recebem terapia imunossupressora para diminuir a resposta imunológica do corpo, o que reduz o risco de rejeição do órgão. No entanto, os medicamentos imunossupressores também aumentam o risco de disseminação do câncer.

 

O caso de Kedian era único. Ele já estava em terapia imunossupressora devido a um transplante renal realizado anteriormente.

 

"Ter um paciente com um câncer ativo que já tinha sua própria supressão imunológica nos permitiu realizar o transplante com segurança, sem introduzir riscos adicionais de uma maneira que nunca foi feita antes", explica o Dr. Girish Mour, diretor médico do programa.

 

O Dr. Lott acrescenta: "A possibilidade de realizar esse transplante no contexto de um câncer ativo em um paciente que já está em terapia imunossupressora, sob o rigor e a supervisão de um estudo clínico, nos permitiu dar esse passo vital para entender melhor a segurança para pacientes com câncer e, potencialmente, tornar o transplante de laringe uma opção padrão".

 

A remoção do câncer foi a principal prioridade da equipe cirúrgica.

 

“Primeiro, removemos a laringe com câncer do Sr. Kedian”, explica Dr. Lott. “Em seguida, quando estávamos confiantes de que o câncer havia desaparecido, nos concentramos em realizar o transplante", diz o Dr. Lott.

 

Quatro meses após a cirurgia, Kedian consegue falar com sua nova voz, engolir e respirar por conta própria, o que o Dr. Lott considera notável.

 

"O Sr. Kedian já recuperou cerca de 60% de sua voz, o que eu não imaginaria que aconteceria por pelo menos um ano. Ele ainda fala com a mesma voz e o mesmo sotaque de Boston que tinha antes do câncer", apontou Dr. Lott. "Ele também pode comer hambúrgueres, macarrão com queijo, quase tudo que deseja, e engolir sem problemas. Sua respiração também continua a melhorar de forma constante."

 

Os médicos planejam remover o tubo de traqueostomia quando Kedian recuperar a capacidade total de respirar por conta própria.

 

"A equipe da Mayo devolveu a minha vida", diz Kedian. "Estou muito grato por tudo isso. Tenho também a mais profunda gratidão pela generosidade do meu doador de órgãos e da família do doador. Espero um dia ter a oportunidade de usar a minha voz para lhes dizer: 'Obrigado."

 

"Este caso significa um avanço monumental. Ele representa o futuro do transplante de laringe, no qual todos os pacientes que precisarem de uma laringectomia total terão a opção de uma reconstrução que lhes permita manter sua qualidade de vida", diz Marshall Strome, M.D., que fez história na medicina ao realizar o primeiro transplante total de laringe do mundo em 1998. "Com o estudo clínico em andamento, o Dr. Lott e sua equipe estão posicionados para avançar o campo de uma forma que nenhum outro programa pode alcançar atualmente. A equipe da Mayo descobriu o Santo Graal para o tratamento do câncer de laringe, que eu acredito que se tornará realidade até o final desta década."

 

O Dr. Lott descreve o caso como a cereja das suas duas décadas de pesquisa. Sua equipe está autorizada a realizar transplantes adicionais de laringe nos próximos anos. Além do ensaio clínico, a equipe de pesquisa do Dr. Lott está investigando maneiras de restaurar a função da laringe por meio do aprimoramento das técnicas de transplante e de tecnologias pioneiras de medicina regenerativa.

 

"Eu tracei meu caminho para me tornar um cirurgião laríngeo e pesquisador para construir um programa que está expandindo os limites da ciência", diz o Dr. Lott. "Nossa dedicação é aos milhares de indivíduos que sofrem de disfunção laríngea e a encontrar opções confiáveis que preservem sua saúde e sua qualidade de vida. É disso que se trata este estudo clínico."

 

Kedian voltará para Massachusetts na próxima semana. Ele está animado para voltar a estar junto com sua família e amigos e para ler histórias de ninar para sua neta. Kedian também planeja usar sua própria história para inspirar outras pessoas e ser uma voz de esperança.

 

"A Mayo e o Dr. Lott ajudaram a recuperar minha qualidade de vida", afirma Kedian. No momento, minha tarefa é melhorar. A minha próxima tarefa será mostrar aos outros que eles também são capazes de fazer isso.

 

PERIODISTAS: Vídeo em inglês e fotos disponíveis aqui. Animações sem texto e português brasileiro  disponíveis aqui.

 

###

 

Sobre a Mayo Clinic Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a inovação na prática clínica, educação e pesquisa, fornecendo compaixão, experiência e respostas a todos que precisam de cura. Visite a Rede de Notícias da Mayo Clinic para maiores informações sobre a Mayo Clinic.

 

Contato de mídia:

MEDIA CONTACT
Register for reporter access to contact details