ROCHESTER, Minn. — Com as mortes possivelmente relacionadas ao uso de cigarros eletrônicos dominando as manchetes dos jornais, existe um receio crescente sobre seus efeitos e doenças pulmonares associadas. Os oficiais de saúde estão preocupados com a possibilidade de haver uma ligação entre o uso de cigarros eletrônicos e diversas mortes em várias regiões dos Estados Unidos. Embora não esteja necessariamente claro o que está causando o dano aos pulmões, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças publicaram uma advertência recomendando descontinuar o uso de cigarros eletrônicos até que novas investigações sejam feitas sobre o surto de mortes relacionadas aos pulmões.

"O principal que as pessoas precisam saber é que os cigarros eletrônicos não funcionam com vapor de água. Trata-se de uma solução complexa de agente químicos que são alterados de seus estados originais porque são aquecidos a altas temperaturas." Dr. J. Taylor Hays

Como diretor do Centro de Dependência de Nicotina da Mayo Clinic, o Dr. J. Taylor Hays já expressou receios semelhantes em relação ao uso de cigarros eletrônicos. "O principal que as pessoas precisam saber é que os cigarros eletrônicos não funcionam com vapor de água. Trata-se de uma solução complexa de agente químicos que são alterados de seus estados originais porque são aquecidos a altas temperaturas. E, embora esses componentes sejam considerados seguros para ingestão, os sabores artificiais, como o de canela, e os veículos, como a glicerina vegetal, não são seguros para aquecimento e inalação devido à alteração em seus componentes químicos."

Os cigarros eletrônicos, também conhecidos como "vapes", funcionam por meio do aquecimento de um líquido que geralmente contém nicotina, glicerina e outros agentes químicos que os usuário inalam. "Muitos dos agentes químicos que podem ser inalados agora são diferentes aldeídos e outros agentes químicos derivados dos originais e acreditamos que eles provavelmente sejam prejudiciais. Sabemos que alguns deles têm o potencial de provocar câncer", disse o Dr. Hays.

Embora não se saiba o que está causando o aumento de doenças pulmonares, os cigarros eletrônicos não podem ser ignorados como causas. Como o Dr. Hays recomenda: "Nunca inale nada para dentro dos seus pulmões que não seja ar puro."

O Dr. Hays está disponível para falar com a imprensa sobre os receios associados ao uso de cigarros eletrônicos. Entre em contato com Sharon Theimer, Assuntos Públicos da Mayo Clinic, 507-284-5005, newsbureau@mayo.edu para agendar uma entrevista.

###

Sobre a Mayo Clinic
A Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a inovação na prática clínica, educação e pesquisa e fornecendo compaixão, conhecimento e respostas a todos que precisam de cura. Visite a Rede de Notícias da Mayo Clinic, para ver outras notícias da Mayo Clinic, e Por Dentro da Mayo Clinic, para mais informações sobre a Mayo Clinic.

Contato de mídia:
Sharon Theimer, Assuntos Públicos da Mayo Clinic, 507-284-5005, e-mail:
newsbureau@mayo.edu

MEDIA CONTACT

Available for logged-in reporters only